vendas a governo licitações compra direta compra emergencial

 

 

VENDAS A GOVERNO - LICITAÇÕES:

 

Se você representa um ORGÃO PÚBLICO como Prefeituras ou outras Autarquias Governamentais, informamos que a partir do dia Novembro/2021, enviaremos apenas Propostas / Orçamentos para o SERVIÇO DE ADAPTAÇÃO de Veículos Especiais Adaptados, exceto nos casos de “COMPRA DIRETA”, considerando que:

 

 

  • a) A venda de uma Ambulância e/ou outro Veículo Adaptado é idêntica a compra um CAMINHÃO + COLETORA E COMPACTADORA DE LIXO, ou seja, o Órgão Público Licitante deve realizar a compra do VEÍCULO / CAMINHÃO e da ADAPTAÇÃO / IMPLEMENTO  separadamente, podendo ser realizada no mesmo edital em 2 (dois) lotes ou em editais distintos para cada item;

 

 

  • b) O veículo NÃO deve ser emplacado antes do envio para a realização do serviço de adaptação;

 

 

 

PROPOSTA COMERCIAL / ORÇAMENTOS: 

 

  • Para receber nossa Proposta Comercial para o SERVIÇO DE ADAPTAÇÃO, mesmo que já tenha preenchido o FORMULÁRIO DE COTAÇÃO através do website, deverá escolher o projeto que deseja contratar, copiar e colar o descritivo técnico apresentado no anúncio em papel timbrado e enviar para o e-mail licitacao@adaptcar.com.br, incluindo os dados cadastrais como CNPJ, Pessoa de Contato, Departamento, Telefone Fixo e Celular com WhatsApp para que possamos agilizar o retorno do contato, reiterando que a ADAPTCAR se reserva ao direito de enviar propostas apenas para os itens do nosso portfolio, pois considerando que nossos projetos estão conformidade com as exigências do Ministério da Saúde e demais Órgãos reguladores como DETRAN e DENATRAN, nossa equipe não realiza análise de outros descritivos ou especificações de terceiros.

 

 

  • Outrossim, cabe salientar que AMBULÂNCIAS e/ou OUTROS VEÍCULOS ADAPTADOS, bem como o SERVIÇO DE ADAPTAÇÃO, enquadram-se nos itens considerados “ESSENCIAIS” para os setores de SAÚDE, SEGURANÇA e SERVIÇOS, pois em virtude da Declaração de Pandemia de COVID-19 realizada pela Organização Mundial da Saúde em 11 de março de 2020, em decorrência da infecção humana pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), estabeleceu-se pela Portaria nº 188/GM/MS, de 4 de fevereiro de 2020 a situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), tendo sido jurisdicionada posteriormente pela Lei Nº 13.979 de 6 de Fevereiro de 2020 e devidamente regulamentada pelo Decreto Nº 10.282 de 20 de Março de 2020 e seus adendos, adjudicando desta forma que os itens comprovadamente necessários para o combate da pandemia poderão ser adquiridos de forma direta por DISPENSA DE LICITAÇÃO de acordo com suas exigências, como determina a Lei de Licitações N° 8.666/93, em epigrafe ao artigo 24 do inciso IV, concluindo portanto que o fornecimento de AMBULÂNCIAS e/ou OUTROS VEÍCULOS ADAPTADOS, bem como o SERVIÇO DE ADAPTAÇÃO poderão sem qualquer ressalva e na legitimidade da lei, serem adquiridos através de COMPRA DIRETA para efeito de combate à Pandemia de Covid-19 (Sars-Cov-2), ou nas outras condições previstas na referida lei.